Dourados, MS - 17 de Julho de 2018

09/01/2018 16h20

Secretário anuncia reabertura de Hospital de Cirurgias e diz que Estado estuda repactuação para a macrorregião

Novo secretário estadual de Saúde começa por Dourados visitas às unidades do Estado e diz que prioridade é o bom atendimento

Fotos – A. Frota

O novo secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Coimbra, visitou nesta terça-feira (9), em Dourados, as unidades do Hospital da Vida e do Hospital Evangélico, manteve encontros com a prefeita Délia Razuk e a equipe da Secretaria Municipal de Saúde e ainda participou de audiência no MPE (Ministério Público Estadual), como parte de agenda estabelecida para diagnosticar a realidade do setor em Mato Grosso do Sul.

 

 

Coimbra, que é advogado e foi diretor do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande, antes de assumir a Secretaria, em substituição ao médico Nelson Tavares, foi a opção técnica que o governador Reinaldo Azambuja encontrou para dar maior dinamismo ao atendimento nas diferentes regiões do Estado. “Tivemos uma boa impressão dele e, com certeza, poderemos estabelecer boas parcerias”, definiu o secretário municipal de Saúde, Renato Vidigal, ao recepcionar a equipe do Estado.

 

A agenda de visitas de Carlos Coimbra e dos auxiliares da Secretaria faz parte do cronograma de levantamento de informações e demandas que o gestor tem feito em hospitais e instituições do Estado para definir o programa ser executado neste último ano do atual Governo. “Dourados está sobrecarregada, em função da demanda que assumiu como macrorregião e as necessidades das pessoas de 32 municípios que procuram pelos nossos serviços”, disse a prefeita Délia Razuk ao cumprimentar o secretário. “Confiamos na sua experiência de gestor e na sensibilidade do governador Reinaldo Azambuja”, acrescentou Délia.

 

Depois do encontro no MPE, onde renovou um prazo para regularização de algumas ações reclamadas pela Promotoria em mais 90 dias e da visita aos hospitais públicos da cidade, o secretário disse que dentro de 60 dias deverão ser retomadas as atividades no Hospital de Cirurgias Eletivas [localizado na rua Coronel Ponciano, esquina com a avenida Weimar Torres], até que sejam concluídas as tratativas para início das obras do HRD (Hospital Regional de Dourados [na saída para Ponta Porã] e prometeu estudos para tratar da repactuação com municípios que tem a gestão plena de Saúde. 








Leia mais notícias de Cidade

0 Comentários

publicidade