Dourados, MS - 11 de Dezembro de 2018

13/03/2018 13h25

Prefeitura investe recursos próprios em frentes de drenagem na cidade

Já estão no local tubos para obra que irá resolver problema de inundação no início da rua Monte Alegre com avenida Guaicurus

Fotos – A. Frota

A Prefeitura de Dourados está investindo cerca de R$ 800 mil em serviços de drenagem que visam a minimizar os riscos a que estão expostas as populações, diminuindo os prejuízos causados pelas inundações e possibilitando o desenvolvimento urbano de forma harmônica, articulada e ambientalmente sustentável em diferentes pontos da cidade.

 

 

De acordo com o secretário municipal de Obras Públicas, Tahan Sales Mustafa, estão sendo realizadas intervenções, a partir de ordens de serviço expedidas para melhorar as condições de vida dos moradores das regiões do Jardim Universitário e Aydê, e ainda nos trechos da rua Monte Alegre com a avenida Guaicurus e Mato Grosso com a rua Pureza Carneiro Alves.

 

“São ações que a população esperava há muito tempo, mas que são reclamadas com mais intensidade, principalmente com o período prolongado de chuvas”, observa o secretário. Essas áreas que são atendidas agora, de acordo com Tahan, foram diagnosticadas a partir das visitas realizadas pela prefeita Délia Razuk, ouvindo moradores e constatando a real necessidade do serviço.

 

Na região do Jardim Universitário, por exemplo, serão implantadas caixas dissipadoras, tubulação necessária para conter a velocidade das águas, e que costumam provocar fortes pontos de erosão. No Jardim Aydê, uma torre a serviço da Energisa provocou a erosão na rua e formação de crateras que acarretam inundações em residências próximas.

 

Outras ações em andamento vão contemplar o final da rua Mato Grosso, no encontro com a Pureza Carneiro Alves, no Jardim Água Boa, onde a força das águas tem ocasionado inundações em residências, mesmo problema enfrentado há mais de oito anos pelos comerciantes e residências situadas na confluência da rua Monte Alegre com a avenida Guaicurus, que recebem a água das chuvas das ruas que cortam a vila Alvorada.

 

PONTES

 

Também já estão homologados os resultados dos certames licitatórios para a construção de duas pontes de concreto sobre o leito dos córregos Laranja Doce e Curral de Arame, onde a Prefeitura vai aplicar mais de R$ 860 mil, com o aproveitamento de repasses do Fundersul para revitalização da área urbana.

 

Essas duas obras de substituição da estrutura ultrapassada de madeira que servia a região serão iniciadas assim que forem assinados os contratos com a A&A Construtora e Incorporadora, no valor de R$ 490.525,96 e com a WSL Construções, de R$ 375.800,95, anunciou o secretário Tahan Mustafa. 








Leia mais notícias de Cidade

0 Comentários

publicidade