Dourados, MS - 20 de Outubro de 2018

10/01/2018 08h33 - Atualizado em 10/01/2018 08h33

São Paulo sonda Aloísio Boi Bandido, mas valores travam negociação

Lance

Na busca por reforços para a temporada, o São Paulo tentou o retorno de Aloísio Boi Bandido, que agradou e ganhou até camisa particular durante sua passagem pelo clube, em 2013. Mas, embora o atacante esteja sem contrato com nenhum outro clube, os valores da negociação inviabilizam a contratação.

 

 

Aloísio, de 29 anos, estava no Hebei Fortune, da China, clube que acaba de exigir o retorno de Hernanes. Seu vínculo acabou e o jogador indicou que até toparia reduzir salários por agradecimento ao Tricolor, time que o elevou ao cenário internacional, mas existem negociações para que ele permaneça no futebol asiático.

 

 

O atacante chegou à China logo depois de chamar atenção no São Paulo, em 2013. Aloísio ganhou carinho da torcida por seu empenho e gols na briga para evitar o rebaixamento da equipe no Campeonato Brasileiro daquele ano e até viu o clube lançar uma camisa retratando-o dando uma voadora, do jeito como ele comemorava quando balançava as redes.

 

 

Aloísio ganhou mercado na China, atuando por Shandong Luneng, entre 2014 e 2016, e Hebei Fortune, até o fim de 2017. Tem espaço para seguir no país e o que assustou o São Paulo foram os salários pedidos pelos representantes do jogador ao clube. Se permanecer na Ásia, segundo o que ouviram os dirigentes do Tricolor, existe a expectativa de que ele receba 5 milhões de euros (mais de R$ 19 milhões) anuais, valores inviáveis no Brasil.

 

 

Nos últimos quatro anos na China, Aloísio acumula 122 jogos, 61 gols e 12 assistências, sendo campeão da Copa da China de 2014 e da Supercopa da China de 2015, ambas pelo Shandong Luneng. No último campeonato nacional, defendendo o Hebei Fortune, foram 27 atuações, balançando as redes dez vezes e dando três passes que viraram gols.

 

 

Sem Aloísio Boi Bandido, o São Paulo já acertou com o goleiro Jean, ex-Bahia, o zagueiro Anderson Martins, ex-Vasco, e o meia-atacante Diego Souza, ex-Sport. A diretoria busca um acordo amigável com o Fluminense pelo meia Gustavo Scarpa e tenta mais um atacante, ao menos, para a temporada.  








Leia mais notícias de Esportes

0 Comentários

publicidade