Dourados, MS - 15 de Novembro de 2018

10/09/2018 07h54

CBF exige que Cruzeiro e Flamengo assinem termo para ter selecionáveis

LANCE!

© Fornecido por Areté Editorial S/A

Teoricamente a CBF é uma entidade que açém de reger o futebol no Brasil, deveria preservar os interesses de seus afiliados em momentos de necessidade. Porém, a entidade só tem dificultado a vida de Flamengo e Cruzeiro para terem de volta dois de seus principais jogadores, Dedé e Lucas Paquetá, que estão com a Seleção Brasileira nos EUA para amistosos contra os norte-americanos e El Salvador.

 

 

Após se unirem e fecharam um voo fretado para contar com a dupla, além do colombiano Cuéllar, servindo à sua seleção, a confederação quer que os clubes assinem um termo de responsabilidade isentando a entidade de qualquer contratempo com os jogadores na viagem e na condição física que os atletas chegarão para atuar na semifinal da Copa do Brasil.

 

– Não tem como liberar mais cedo como os clubes pediram. Quando o jogo acabar, Dedé e Paquetá estarão liberados como todos os outros convocados. A obrigação da CBF é devolver os jogadores. Mas como os clubes querem mais agilidade, eles que organizem isso e se garantam disse o coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar ao site GloboEsporte.Com.

 

O último jogo da Seleção será nesta terça-feira, dia 11 de setembro e os jogos semifinais da Copa do Brasil, no dia seguinte. Dedé e Paquetá não terão o o tempo mínimo de descanso de 66 horas estipulado no artigo 25 do Regulamento Geral de Competições da CBF. Serão somente 24h, daí a exigência do termo de responsabilidade.

 

- Os departamentos médicos dos clubes terão de encaminhar à diretoria de competições da CBF um termo de responsabilidade para que os atletas possam atuar na semifinal, completou Gaspar.

 

O Fla encara o Corinthians às 21h45, no Rio, mesmo horário de Palmeiras e Cruzeiro em São Paulo. 








Leia mais notícias de Esportes

0 Comentários

publicidade