Dourados, MS - 15 de Agosto de 2018

15/05/2018 09h43

Recurso de Mário Valério e seu vice será julgado nesta terça no TSE

Caso não obtenham êxito Caarapó poderá ter novas eleições

O prefeito Mário Valério (PR) e seu vice Martim Flores (DEM) terão seus recursos julgados no final da tarde desta terça-feira (15), em Brasília, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caso não venham obter exito o município de Caarapó poderá ter novas eleições ainda esse ano.

 

 

Eleito com 9.718 votos em outubro de 2016, Valério e seu vice tiveram registro de candidatura cassado em dezembro de 2016 pela juíza Cristiane Aparecida Biberg de Oliveira, da 28º Zona Eleitoral de Caarapó. Eles foram denunciados pelo Ministério Público Eleitoral por abuso de poder econômico.

 

Entre as irregularidades atribuídas a Mario Valério e o seu vice está a distribuição de combustível apara participação da carreata durante a campanha eleitoral. Eles recorreram da decisão no TRE-MS, em Campo Grande, que refutou a denúncia e manteve Mario Valério e Martim em seus respectivos cargos.

 

O caso foi parar no TSE e o ministro Napoleão Nunes Maia Filho, afirmou que o recurso de Mario Valério estava intempestivo - apresentado fora do prazo – exatos cinco dias após o vencimento - por isso manteve a decisão, de forma monocrática, da primeira instância. A defesa de Valério entrou com recurso sobre essa decisão e o julgamento está pautado para o final da tarde de hoje.

 

Se a condenação não for revertida com o recurso que os advogados do prefeito vão apresentar nesta terça-feira no Supremo Tribunal Eleitoral, em Brasília, a justiça eleitoral terá de fazer eleição extemporânea para prefeito e vice em Caarapó, situação que aconteceu em Tacuru por exemplo, em junho do ano passado.

 

Em comunicado repassado a imprensa, a assessoria de comunicação do prefeito diz que Mario Valério aguarda o julgamento com muita serenidade e confiança na Justiça.

 








Leia mais notícias de Política

0 Comentários

publicidade